Marcadores

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Elaboração do Marco Teórico


ELABORAÇÃO DO MARCO TEÓRICO

  • Revisão da literatura documentada (relatórios)
  • Construção da perspectiva teórico-jurídica
  • Contextualização do problema do estudo ou da investigação científica elaborado, integrando-o em um marco teórico ou de referência.

 FUNÇÕES DO MARCO TERÓRICO:

Uma vez tendo sido bem pensada a PROBLEMÁTICA do estudo (pergunta e objetivos), junto com a avaliação da relevância e exeqüibilidade (justificativa), o passo seguinte consiste em SUSTENTAR TEORICAMENTE O ESTUDO.
Esta etapa é conhecida como de ELABORAÇÃO DO MARCO TEÓRICO ou de REFERÊNCIAS.
Isto implica:
  1. Analisar e expor os conceitos aprendidos (teorias);
  2. Apresentar os enfoques teóricos;
  3. Detectar as investigações, informações relevantes e os antecedentes em geral que se considerem válidos para o correto enquadramento do estudo.


Procedimento do estudo:

Uma vez extraída e recopilada toda a informação (que interessa) das referências pertinentes para resolver o problema da investigação (pergunta + objetivos), podemos começar a ELABORAR o MARCO TEÓRICO, o qual se baseará na integração da literatura e dos demais documentos de interesse.
Deve-se ordenar a informação recopilada (relatórios de leitura ou fichamentos) para assim desenvolver com coerência as idéias.
 
PARA QUE SERVE O MARCO TEÓRICO?

  1. Para EXPLICAR por meio de um marco de referência a complexidade da realidade ou do fenômeno: Por quê? Como? Quando?
  2. Para SISTEMATIZAR ou dar ORDEM ao conhecimento (evitar que o assunto se apresente disperso e desorganizado, sem ordem lógica)
  3. Para oferecer critérios de descrição, explicação, interpretação e consistência lógica
  4. Para oferecer PERSPECTIVA (visão), inovação (frutificação) e simplicidade nas fundamentações
  5. Para prevenir erros cometidos em estudos anteriores
  6. Para ampliar o horizonte do estudo ou guiar o pesquisador para que realize um estudo mais completo
  7. Para inspirar novas linhas de estudo e servir de ponto de referência (interpretação dos resultados do estudo)
  8. Para evitar idéias vagas, confusas, sem clareza e sem formalidade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário